Thumbnail
2017-03-13 16:53:52

5 dicas para você tirar o melhor proveito do seguro de vida

Conheça os recursos de que você pode lançar mão para deixar sua família adequadamente protegida pelo seu seguro de vida

Ao contratar um seguro de vida, você deve levar em conta as necessidades específicas da sua família, o volume do seu patrimônio, sua renda e as características da sua carreira. Há diferentes modelos de apólice, coberturas e preços. As dicas a seguir ajudam você a fazer uma boa escolha, de acordo com o seu perfil:

1. Escolha um valor de indenização adequado ao seu padrão de vida

O seguro de vida destina-se a manter o padrão de vida da sua família caso você venha a faltar ou deixe de gerar renda. Portanto, é preciso estimar com carinho o valor da apólice a ser contratada.

São comuns as apólices de 30 mil ou 50 mil reais, comercializadas por bancos ou mesmo oferecidas pelas empresas como benefício a seus empregados. Mas nem sempre esse valor é suficiente.

Para famílias com renda superior a 2 mil reais por mês, esses valores provavelmente serão insuficientes.

Lembrando que o valor da apólice pode variar de acordo com o volume de patrimônio de que sua família dispõe.

2. Evite contratar apenas cobertura para morte acidental

A contratação de cobertura apenas para morte acidental barateia o prêmio do seguro de vida, mas é uma estratégia arriscada. Caso o segurado venha a falecer devido a uma doença, sua família ficará desprotegida. É o barato que pode sair caro.

3. Contrate um seguro que atenda às suas necessidades

Seguro de vida não é tudo igual. Você pode, por exemplo, comprar uma apólice de seguro resgatável. Em geral, os seguros de vida são válidos enquanto você está pagando o prêmio. Se você parar de pagar, deixa de ter a cobertura e não recupera o que já foi pago.

O seguro de vida resgatável, entretanto, permite ao segurado comprar a apólice. Assim, ele para de pagar o prêmio a partir de determinado momento da vida, mas mantém a proteção.

Se o seguro for temporário, será possível resgatar parte do valor ao final da vigência; se for vitalício, as proteções se mantém para o resto da vida do segurado ou até que ele decida fazer o resgate.

O seguro temporário é ideal para quem quer proteger a família durante um período crítico – por exemplo, até os filhos se tornarem maiores de idade. É possível tanto contratar a modalidade resgatável quanto a não resgatável, o que pode sair mais barato.

Caso você não tenha família, mas trabalhe por conta própria, um seguro de acidentes pessoais pode ser a melhor alternativa. Se você tiver que ficar sem trabalhar e gerar renda por certo tempo, o seguro protege você.

Mulheres também contam com condições especiais no seguro de vida. Algumas apólices são desenhadas especialmente para elas, com coberturas específicas para diagnósticos de câncer ginecológico, como o de mama e o de ovário.

4. É possível contratar mais de um seguro de vida

Você pode ter mais de um seguro de vida. Uma apólice não anula outra, nem há limites para o valor da indenização. Cada seguradora efetivará a indenização de acordo com o valor do capital segurado de cada contrato.

5. Caso suas necessidades mudem, altere a apólice durante a vigência

Fazer alterações nas condições contratuais do seguro durante a vigência é possível. Basta realizar um aditivo à apólice que especifique a mudança.

A Genial Seguros ajuda você a escolher o melhor seguro de vida. Peça já sua cotação on-line!

avatar autor

Julia Wiltgen

Jornalista responsável pelos artigos da Genial Seguros até 24/11/2017.

Cote seu seguro