Thumbnail
2017-04-20 18:35:50

Como tirar visto para os Estados Unidos

Confira o passo a passo para você tirar visto para viajar para os Estados Unidos

Brasileiros precisam de visto para entrar nos Estados Unidos. Então, quem planeja uma viagem para a terra do Tio Sam precisa se preparar com antecedência.

Para dar entrada em um visto americano, brasileiros precisam ter passaporte válido por todo o período em que pretendem permanecer nos EUA. O passo a passo para a solicitação do visto está descrito a seguir:

1. Escolha o tipo de visto desejado

O visto de turista comum é o B-2, mas há uma série de outros vistos, dependendo do objetivo da viagem. No site da embaixada americana há uma lista com todos os tipos de vistos e as eventuais taxas adicionais pagas em cada um deles.

2. Preencha o formulário DS-160

O formulário DS-160 está em inglês, mas você pode usar uma ferramenta de tradução se desejar. No canto superior direito, selecione o Português no campo “Select Tooltip Language”. Ao fazer isso, sempre que você passar o cursor por uma frase em inglês, aparecerá um box com a tradução.

Informe a localidade de onde você está pedindo o visto e comece uma solicitação. Você poderá ir salvando seu formulário à medida que for preenchendo, e até baixá-lo para o seu computador. Todas as instruções para salvá-lo são fornecidas antes do início do preenchimento.

Lembre-se de anotar o número de identificação (application ID) e a questão de segurança. Essas informações serão necessárias caso você salve o formulário e deseje recuperá-lo mais tarde, ou mesmo se precisar corrigi-lo após o envio eletrônico.

Preencha o formulário com bastante atenção. Caso envie o formulário com erros, você precisará remarcar a entrevista no consulado e perderá tempo em um processo que já não é tão rápido.

Para preencher o DS-160, tenha em mãos o seu passaporte (incluindo eventuais passaportes antigos), o itinerário de viagem (se já o tiver), as datas das suas últimas cinco viagens para os EUA (se houver) e informações profissionais (por exemplo, aquelas que constam no seu currículo). Você precisará ainda anexar uma foto.

Pessoas que pleiteiam vistos que requerem outros formulários específicos, como estudantes, intercambistas e trabalhadores temporários, deverão ter esses formulários em mãos.

3. Pague a Taxa de Solicitação de Visto (MRV)

Quase todas as categorias de visto americano requerem o pagamento da Taxa de Solicitação de Visto (MRV). As exceções são as categorias A e G. Para o visto de turista, o B-2, o valor da taxa é de 160 dólares. Dependendo do tipo de visto, pode haver taxas adicionais.

É possível pagar com cartão de crédito ou boleto bancário. Guarde o recibo para agendar a entrevista e para levar no dia de coletar suas impressões digitais e foto.

Confira os valores para cada categoria:

US$ 160

B1 – negócios
B2 – turismo
C – trânsito
D – tripulantes
F – estudante acadêmico
J – intercâmbio
I – representantes de meios de comunicação
M – estudante vocacional

US$ 190

H – trainees e trabalhadores temporários
L – trabalhadores transferidos de uma mesma empresa
O – cidadãos estrangeiros com habilidades extraordinárias
P – atletas, artistas e outros profissionais do entretenimento
Q – programas internacionais de intercâmbio cultural
R – profissionais religiosos

US$ 205

E – investidor/comerciante

US$ 240

K – visto de noivo/noiva de cidadãos norte-americanos

4. Agende a visita ao CASV e a entrevista

Agende a entrevista no consulado mais próximo e a visita ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Vistos (CASV) para coleta de foto e impressões digitais. Para certos casos de renovação de visto, o solicitante pode ser dispensado da entrevista. Conheça os casos de isenção de entrevista e renovação de visto.

5. Separe a documentação

Para a entrevista no consulado, você deverá levar um passaporte válido, qualquer outro passaporte antigo com visto e documentos que comprovem seu vínculo com o Brasil. Leve também o comprovante de pagamento da taxa MRV e as impressões das páginas de confirmação do envio do formulário DS-160 e do agendamento da entrevista.

Podem ser documentos comprobatórios de seu vínculo com o Brasil aqueles que provem que você estuda ou tem emprego fixo, família e bens no país. Levar uma comprovação de residência também é interessante. Alguns exemplos:

• Carteira de trabalho
• Declaração de imposto de renda
• Últimos holerites (contracheques)
• Certidão de casamento ou certidão de nascimento dos filhos
• Extratos bancários
• Documentos de veículos
• Escrituras de imóveis
• Declarações escolares
• Cartas de empregadores
• No caso de donos ou sócios de negócios, declarações de imposto da empresa ou certificação recente de CNPJ

É conveniente levar documentos que comprovem que você tem meios de pagar a viagem e se hospedar nos EUA.

6. Compareça ao CASV e ao consulado

No site da embaixada americana estão disponíveis os endereços dos CASVs – presentes nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Recife, Rio, São Paulo e Porto Alegre –, da embaixada em Brasília e dos consulados em Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.


Após concluído o processo, a maioria dos solicitantes recebe o visto em até dez dias úteis. Para a concessão do visto, o passaporte é retido pelo consulado. A devolução do documento se dará de acordo com a opção de entrega selecionada pelo solicitante.

Não se esqueça de viajar protegido! Cote o seu seguro viagem aqui na Genial Seguros!

avatar autor

Julia Wiltgen

Jornalista responsável pelos artigos da Genial Seguros

Cote seu seguro