Thumbnail
2017-09-21 19:03:28

Como funciona o seguro que cobre acidentes ocorridos em casa

Conheça a cobertura de Responsabilidade Civil Familiar, que cobre situações como seu cachorro morder a visita ou seu filho quebrar a vidraça do vizinho

O seguro de Responsabilidade Civil Familiar em geral é comercializado como uma cobertura adicional do seguro residencial. Trata-se de uma cobertura que vai além do basicão “incêndio-raio-explosão” dos seguros residenciais ou de riscos mais óbvios a residências, como roubo e furto de bens.

Como toda cobertura de Responsabilidade Civil, a Responsabilidade Civil Familiar é um seguro de terceiros, isto é, cobre danos corporais e materiais causados a terceiros de forma involuntária, acidental.

Já vimos aqui no blog que os seguros de carros e motos também podem contar com cobertura de Responsabilidade Civil, para o caso de o segurado causar um acidente de trânsito e acabar danificando o veículo de outro motorista ou causando danos físicos a outras pessoas. Esta proteção pode, inclusive, ser contratada individualmente.

De forma análoga, a cobertura de Responsabilidade Civil Familiar cobre danos materiais e corporais a terceiros ocorridos dentro da residência do segurado.

Eles devem ter sido provocados involuntariamente pelo próprio segurado, pelos demais ocupantes da casa – incluindo animais domésticos – ou mesmo por empregados domésticos durante o serviço.

Por exemplo, se o seu cachorro morder uma visita e machucá-la; se o seu filho acertar a bola na vidraça do vizinho e quebrá-la; se a empregada doméstica derramar café quente acidentalmente em uma visita, provocando queimaduras.

Também ficam cobertos os incidentes que não foram diretamente provocados por ninguém, mas pelos quais o dono da residência possa ser responsabilizado.

Por exemplo, um vazamento que começa na residência do segurado e acaba danificando o imóvel vizinho; um vaso que cai da sacada e machuca um pedestre ou danifica o carro estacionado logo abaixo; ou um tombo que uma visita levou na escada da casa do segurado.

Quando a cobertura pode ser acionada

A cobertura de Responsabilidade Civil Familiar poderá ser acionada sempre que a vítima cobrar do segurado alguma reparação, para cobrir despesas médicas ou materiais.

Ela só poderá ser acionada se houver acordo extrajudicial entre as partes com autorização da seguradora ou decisão judicial transitada em julgado que atribua ao segurado a responsabilidade por arcar com as despesas decorrentes do incidente.

Em outras palavras, a seguradora deve ser avisada sobre quaisquer negociações entre o segurado e a vítima e precisa estar de acordo com o que foi acertado para que o segurado tenha direito à indenização.

A seguradora geralmente irá orientar o segurado a fazer um acordo, para evitar a via judicial. Se esta for inevitável, as custas judiciais e honorários advocatícios também estão cobertos.

O limite da cobertura de Responsabilidade Civil Familiar é o limite da cobertura contratada para a apólice do seguro residencial, e pode ou não haver franquia.

Há cobertura para acidentes com empregados domésticos?

A cobertura de Responsabilidade Civil Familiar reembolsa despesas decorrentes de acidentes provocados por empregados domésticos, mas não aqueles de que os empregados sejam vítimas durante o desempenho de suas funções.

Em outras palavras, os empregados, assim como o próprio segurado e os demais moradores da residência, não podem ser considerados terceiros. Apenas entram como terceiros para esse tipo de cobertura as pessoas de fora, como vizinhos, pedestres e visitas.

Para ter cobertura em caso de acidentes com empregados domésticos é preciso contratar uma cobertura específica para esse tipo de trabalhador.

Contrate seu seguro residencial pela Genial Seguros! Peça já uma cotação on-line!

avatar autor

Julia Wiltgen

Jornalista responsável pelos artigos da Genial Seguros até 24/11/2017.

Cote seu seguro