Thumbnail
2017-03-17 15:23:02

Seguro residencial também tem franquia! Saiba como funciona

Franquia do seguro residencial geralmente ocorre nas coberturas adicionais e pode ser usada para baratear o prêmio

Em um seguro, a franquia é a parte do prejuízo que fica a cargo do segurado quando ocorre um sinistro.

Prejuízos inferiores ao valor de franquia devem ser integralmente arcados pelo segurado. Acima do valor da franquia, a seguradora cobre os danos, parcial ou integralmente.

A franquia pode ser utilizada para baratear o seguro. Quanto maior seu valor, menor o risco da seguradora, pois maior terá que ser o prejuízo para a seguradora ser obrigada a cobrir os danos. Assim, o prêmio fica mais barato. Uma franquia reduzida, por outro lado, encarece o seguro.

A franquia é comumente associada ao seguro auto, mas o seguro residencial também tem franquia.

Essa espécie de coparticipação normalmente só é válida para coberturas adicionais, como danos elétricos, acidentes domésticos, vendaval, furacão, ciclone, tornado, granizo, entre outras. A cobertura básica, que cobre incêndio, raio e explosão, costuma ser isenta de franquia.

A franquia pode ser estabelecida na apólice como um valor fixo ou um percentual do valor de indenização contratado.

Tipos de franquia

As franquias dos seguros residenciais podem ser de dois tipos: simples ou dedutíveis.

Na franquia simples, a participação do segurado no pagamento dos prejuízos é fixada em um valor pré-definido, que será integralmente de sua responsabilidade. Mas se o prejuízo ultrapassar o limite de franquia, a seguradora pagará o valor total.

A franquia simples costuma ser adotada pelas seguradoras quando o limite de indenização contratado é baixo.

Por exemplo, você contrata uma cobertura de mil reais para quebra de vidros e uma franquia de 300 reais. Se houver um sinistro e o prejuízo for de 150 reais, você deverá arcar sozinho com o conserto. Mas se, em vez disso, o prejuízo for de 310 reais, a seguradora pagará os 310 reais e você não precisará desembolsar nada.

Já a franquia dedutível prevê uma participação obrigatória do segurado em todos os prejuízos resultantes de sinistros cobertos. Se o prejuízo for inferior ao valor da franquia, o segurado arcará com o custo dos reparos integralmente; se for superior ao valor da franquia, ele terá de pagar a quantia referente ao valor da franquia e a seguradora paga o restante.

Conforme o exemplo anterior, se o prejuízo da quebra de vidros for de 310 reais, você terá de arcar com os 300 reais da franquia. Já a seguradora pagará os dez reais restantes.

A franquia dedutível é a mais comumente adotada no mercado.

Precisando de um seguro residencial? Peça já sua cotação on-line aqui na Genial Seguros!

avatar autor

Julia Wiltgen

Jornalista responsável pelos artigos da Genial Seguros

Cote seu seguro